Em 2011, o governo federal nomeou mais auditores fiscais para repôr as vacâncias.

21/05/2013 00:01

www.sindifisconacional.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12191:Concurso%202009&catid=44:noticias-jornalismo&Itemid=301&lang=pt

 

Diante do anúncio do governo de contenção de gastos, a DEN (Diretoria Executiva Nacional) argumentou que a contratação “ao contrário de ser um gasto para o Estado, representa uma economia, já que a própria administração admite que exista correlação entre aumento de arrecadação e contratação de novos Auditores”.

 

Dada a carência de pessoal para repor as vagas originadas por novas aposentadorias, o Sindifisco Nacional sempre defendeu a contratação dos candidatos excedentes.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!